Quarta-feira, 29 de Novembro de 2006

Hoje mato-te a fome

Anda cá! Estás muito arredio ultimamente. Que se passa? Sentes a falta do meu gosto? Não te preocupes, mato-te num já essa saudade…

 

Apetece-me levar-te ao céu, deixar-te sem ar, fazer-te gemer, trepar pelas paredes, descontrolar-te. Já lá vai algum tempo, mas não esqueci do que gostas. Sei precisamente o que te deixa louco…

 

 

 

 

 

 

Chiuuuu!...Cala-te lá, toma este beijo. E outro! E mais um!...Gostas? Queres mais? Eu sei! Vou dar-te o que desejas…mas devagar. Dá-me esse teu queixo, sabes que sou perdida por ele…Adoro chupar-to com sofreguidão, deslizando a boca pelo teu pescoço, perdendo-me no lóbulo da tua orelha…E o teu peito? Esses mamilos que pespontam por entre os pelos já grisalhos? As minhas unhas cravam-se em todo o comprimento das tuas costas enquanto os meus lábios brincam com as saliências de pele intumescida que pedem por mais…Deslizo as mãos pelas tua barriga, pelas coxas, pelas ancas…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pões-me as mãos na cabeça forçando-me a descer, mas eu não quero. Quero sim, as tuas mãos…Teus dedos. Um a um, chupados com luxúria…Mordo-te a palma da mão, o pulso…Todo tu és digno de saborear, de lamber, de sentir… Sim, já lá vou…Volto novamente á barriga, sinto-te tremer de excitação e desço…Devagar…Contorno com a língua toda a linha dos teus boxers…Não, não tires ainda, primeiro quero esfregar todo o meu rosto sobre o teu volume que me deixa sedenta…Ponho as mãos por dentro, por baixo, encontro a maciez da tua pele mais protegida…Afago com as mãos essas bolas de prazer enquanto a boca exala o calor da minha respiração sobre o tecido. Dispo-te. Beijo-te o membro em todo o comprimento, devagarinho…Abro a boca e de uma só vez sugo-te um testículo. As minhas mãos deliram, voam loucas sobre as tuas nádegas, apertando-as. Gemes, contorces-te…

 

Sorris.(Sempre sorris quando estás comigo) Sabes que eu gosto de te fazer sofrer. Sabes que tardo mas não falho e a espera incendeia-te, faz-te perder a noção do mundo…

 

Abro-te um pouco as pernas e contorno as virilhas, deixando-as babadas de mim. Subo num ápice e abocanho-te por completo.

 

Páro!

 

Recomeço sofregamente, num vaivém frenético. Ouço-te gemer, estás perdido! Todo o teu corpo treme, sinto que vem a tua explosão….Vem, grita a minha boca sem espaço para o som, enquanto prossigo os movimentos alucinantes!

 

Vem!

 

 Vemmmmmmm!...

 

 

Hummmmmmmm….

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Bem desperta

publicado por amazonas às 15:50
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Zoink a 29 de Novembro de 2006 às 17:30
meninas más.... fazem sofrer o rapaz!!
mas é disso que a gente "gosta"

bjks



De Marcantónio a 29 de Novembro de 2006 às 19:01
Gluuuuppppppp.........


De Dick of Liberty a 30 de Novembro de 2006 às 15:39
Gemi e muito ao ler isto...


De Mike a 4 de Dezembro de 2006 às 11:59
uii, toda essa saliva...

___________
http://vegasmode.blogspot.com/


Comentar post

.Ariana e Athena

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Festas felizes

. Até os bichinhos gostam.....

. Meninas, babem-se..!

. Uma tarde a três II

. Uma tarde a três I

. Rapadinhas vs Cabeludas

. Sem ideias...?

. Hoje mato-te a fome

. Cinto de castidade

. Um beijo

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 

.subscrever feeds